Dicas para iniciantes: como cuidar de um aquário de peixes

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

De acordo com alguns estudos, observar um aquário de peixes ajuda a relaxar e reduz expressivamente os níveis de stress em adultos e crianças. Ou seja, ter um aquário em casa ou no trabalho pode vir a ser uma solução simples e agradável para aliviar os momentos de tensão, principalmente em dias que a correria deixa tudo mais à flor da pele.

Pensando nisso, a seguir se encontram algumas dicas de como manter o aquário sempre bem cuidado, a fim de disponibilizar ao ambiente maior harmonia e tranquilidade. Acompanhe!

Primeiro, escolha um lugar tranquilo, afinal, os peixes são seres sensíveis e podem se sentir incomodados com muita luz e barulho em excesso. Se o aquário possuir iluminação artificial, a mesma deve ser desligada durante a noite, pois os peixes também precisam descansar. Evite ainda bater no vidro do aquário ou balançá-lo, atos assim costumam assustar os peixes.

Para saber a quantidade de água certa que vai em um determinado aquário, você deve levar em conta o tamanho do peixe. Isto é, para cada centímetro do peixe, deve haver um litro de água – sempre descontando o espaço ocupado pela decoração.

 

Outro detalhe importante:

aquario 1.jpgTenha cuidado em relação às diferentes espécies presentes no aquário. Peixes predadores não podem conviver com peixes menores, assim como aqueles que marcam território. Por exemplo, o peixe Betta gosta de viver isolado, e, por isso, pode arrumar muita confusão sendo colocado em um aquário pequeno com outros peixes.

Além disso, dê atenção especial à temperatura da água. Em geral os aquários mais comuns são para peixes tropicais, onde a temperatura mais adequada fica em torno de 26°C. Ainda sobre o aquário, é importante o mesmo ter um termostato – aparelho que regula automaticamente a temperatura do ambiente para os peixes – evitando acidentes com a temperatura.

A filtragem da água também não pode ficar de fora. Em mercados especializados, você pode encontrar filtros que realizam tanto a filtragem, quanto a oxigenação do recipiente em um único aparelho. Mas, lembre-se que muita movimentação na água, causada por estes aparelhos, pode acabar estressando os animais.

É preciso ainda fazer troca semanal de 20% do volume da água no aquário, detalhe que faz grande diferença no pequeno universo dos peixes, melhorando ainda mais a qualidade de vida dos bichinhos. E se procura uma forma de nivelar a água no aquário, a solução é bem simples, basta colocar em baixo dele uma placa de isopor.

 

aquario 2.jpg Por fim, a alimentação do peixe. Ela deve ser feita de duas a três vezes por dia, no máximo, assumindo que o animal deve levar em média até dez segundos para se alimentar.

Seguindo estas dicas e se mantendo sempre atualizado a respeito do assunto através de conversas com profissionais do ramo, você garante ao seu peixe uma melhor qualidade de vida e, à sua casa ou escritório, maior tranquilidade!

 

 

Crédito da imagem: Google imagens

 

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

 

Links Patrocinados

© 2009 - 2017 Portal Tudo Animal Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.084 s