Conheça o Pinscher: o pequeno e corajoso cão de guarda

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

Originário da Alemanha, o Pinscher é considerado pela Federação Internacional de Cinofilia, o menor cão de guarda do mundo. Pequeno e corajoso, ele é um companheiro muito leal, sendo ótimo para quem reside em locais com pouco espaço, como um apartamento.

A raça possui uma pelagem brilhosa, curta e bem densa, com cores que variam do preto ao marrom e que são bem nítidas por quase todo o corpo do animal. Apesar da semelhança, o Pinscher não tem relação direta com o Doberman, outra raça muito usada como cão de guarda.

Ainda sobre suas características físicas, a raça tem em média de 25 a 30 cm de altura, da cernelha ao chão, sendo que os cães que ultrapassam essa medida estão fora dos padrões para competições. O Pinscher não necessita de muitas regalias para ser criado e se bem cuidado, pode viver 15 anos ou mais.

Mesmo tão pequeno, este cão costuma ser muito valente e não se intimida frente a outras raças, não importando o seu tamanho. Exatamente por isso, deve ser acostumado com outros cachorros para evitar comportamentos violentos. Precisa também de atenção no convívio com crianças, por conta de seu tamanho e personalidade, o que facilita contatos bruscos durante as brincadeiras.

 pinscher.jpg

cachorro Pinscher ganhou fama graças à sua energia e por estar sempre em movimento. Logo, é importante mantê-lo em atividade, mesmo em casa. Ou seja, brincadeiras são sempre bem-vindas.

Ele costuma caçar pequenos animais, sendo independente e teimoso. Mas com uma inteligência notável, suas principais características são o companheirismo e a curiosidade. É também barulhento, seja latindo ou brincando.

Necessita de atenção redobrada não apenas por seu tamanho, mas igualmente por sua ousadia. No mais, a raça possui ótima saúde, com certa tendência a obesidade, precisando de cuidados especiais com a alimentação. Alguns cães da raça têm propensão a ter ataques epiléticos, mas o tratamento com medicamentos mantém a doença controlada. A sarna demodécica também é comum, porém tratável.

Dessa forma, é possível concluir que o Pinscher, apesar de sua personalidade forte, é um amigo para toda a família, leal, carinhoso, brincalhão e corajoso, pronto para defender seus donos até o fim.

 

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

 

Links Patrocinados

© 2009 - 2017 Portal Tudo Animal Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.089 s